Como você encara a velhice? Envie sua opinião para nós!

O Portal Plena quer saber sua opinião (seja ela qual for) sobre a velhice.

 

Sobre a velhice três atrizes deram seus recados:  SALLY FIELD disse o seguinte (para  a revista Good Housekeeping) : “Me vejo na televisão e penso: ah, queria que isso não estivesse acontecendo com meu pescoço. E sua cara está flácida, seus olhos inchados. Não quero parecer velha e desgastada, mas o que posso fazer? Meu objetivo é ser atriz. Me preocupo mais em ter a oportunidade de interpretar papéis que ainda não fiz do que se meu pescoço parece uma cortina”.

Já CATE BLANCHETT (para a Vanity Fair) falou o seguinte  sobre cirurgias plásticas: “Nunca fiz nenhuma, mas quem sabe. Pessoalmente, não acho que as pessoas pareçam melhores depois da cirurgia, só parecem diferentes… E se fazem apenas por medo, esse medo continuará em seus olhos”.

 

Cate Blanchet – Imagem: Tradlands (sob licença creative commons)

 

 

“Escute, o melhor conselho sobre envelhecer é o seguinte: qual é a alternativa? A alternativa, por acaso, é a morte. E isso é lidar com um monte de merda. Assim, sou feliz com a menopausa. Abrace ela quando chegar” : essa foi a opinião dada por WHOOPI GOLDBERG. (fonte  EL PAÍS).

 

Pois nós também queremos saber sua opinião. Se você tem mais de 50 anos, venha refletir conosco sobre essa fase da vida. Sua opinião (seja ela qual for) será publicada sem retoques! Você pode enviar para    ana.vargas@portalplena.com 

Aceite o convite do Portal Plena e venha refletir sobre a velhice.

A Terezinha Maria Sbrissa de Campos, 75 anos, engenheira agrônoma aposentada, aceitou nosso convite e nos escreveu o seguinte:

Saber envelhecer para mim é um exercício constante de humildade e descobertas. É saber a hora de sair do palco e ir para a platéia. Um processo inverso daquele de quando passamos de menina para moça; não reconhecemos o novo corpo e começamos a ter dificuldades de fazer coisas que sempre fizemos. É como se a cabeça fosse e o corpo não acompanhasse.  Mas como não estamos no palco, podemos errar até achar um jeito novo de fazê-las ou selecionar outras que contribuirão para o desenvolvimento em outros campos de interesse. Algo que nunca foi pensado, mas cuja tentativa pode ser muito prazerosa.

Imagem-divulgação

 Terezinha é aluna de Filosofia e  e Literatura do Prisma – Centro de Estudos do Colégio Santa Maria _colégio situado em São Paulo,  e também foi uma das alunas fotografadas para o Calendário 2019 da  Instituição. O mês de janeiro apresenta sua fotografia e o poema “Brincando com as nuvens” escrito por ela.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Colégio Santa Maria

(Foto de abertura by jez.atkinson on Foter.com / CC B).

Deixe um comentário