Idosos podem participar de exposição fotográfica sobre transformações na paisagem paulistana

Programa USP Aberta à Terceira Idade recebe colaborações com registros da São Paulo de ontem e de hoje

O programa USP Aberta à Terceira Idade recebe inscrições de pessoas com mais de 60 anos, residentes na cidade de São Paulo, para o concurso fotográfico Memória de São Paulo: mesmo espaço, tempos diferentes.

O objetivo é promover o testemunho das transformações na história da capital paulista e dialogar com os habitantes antigos da cidade. Para o coordenador do programa, o médico Egídio Dorea, “esse resgate nos dá oportunidades de revivermos momentos que foram importantes na formação da nossa identidade, pois fizeram parte da nossa história de vida. É uma oportunidade de conversarmos com nossos amigos e familiares, de revisitarmos aqueles lugares e experimentarmos novos sentimentos, além de podermos mostrar o nosso trabalho e como ele associa-se a nossa história”.

 

Para participar, não é necessário ter vínculo com a Universidade de São Paulo ou formação em fotografia. Cada participante pode apresentar uma inscrição, enviando duas fotografias em formato digital, sendo uma foto antiga da cidade, acompanhada de texto, e outra imagem exatamente do mesmo lugar da antiga, obtida entre 2010 e 2019.

O concurso, com o tema “São Paulo antes e depois”, não prevê prêmios, e sim a participação em 15 obras selecionadas, que farão parte de uma exposição fotográfica a ser sediada pelo Centro Universitário Maria Antonia da USP, entre 24 de junho e 18 de agosto.

As inscrições podem ser feitas até 29 de abril pelo site do programa USP Aberta à Terceira Idade. No endereço eletrônico www.prceu.usp.br/3idade também é possível conferir o edital completo com os detalhes da participação.

Fonte: Assessoria de Imprensa/USP

Deixe um comentário