A musculação do cérebro

Posted by
Especialista ensina técnica divertida de memorização para idosos

 

Por Mariana Parizotto

Muitos idosos têm voltado para a sala de aula. Seja para aprender a mexer no computador, falar um novo idioma, participar de cursos diversos, ou até mesmo conseguir um diploma na faculdade. O fato é que eles querem fazer coisas novas e ocupar o tempo. Entretanto, uma parcela significativa das pessoas com mais de 60 anos reclamam que sentem dificuldade em memorizar informações, o que dificulta o aprendizado. Para descobrir o porquê isto acontece, conversamos com o especialista em técnicas de memorização, Felipe Lima. 
 
Segundo ele, que também é professor da Sou Genius, o cérebro tem um comportamento bem parecido com o de um músculo, ou seja, quando ele não é usado, ele fica comprometido, “o desuso causa atrofia. Quanto menos se treina a memória, mais comprometida fica a capacidade de armazenar novas informações”.
 
Mas nada está perdido! O especialista garante que com treino, em um mês, a pessoa pode voltar a ter uma boa memória. Além de estímulos como jogo de xadrez, caça palavras, entre outros, existem algumas técnicas bem específicas e eficientes para a memória. Uma delas é o modelo binário, que pode ser aplicado de uma maneira bem simples e divertida:
 
– Este exercício precisa ser feito com outra pessoa. Faça um filme mental com dez palavras, relacionando uma palavra à outra. Por exemplo, você diz câmera, a outra pessoa diz melancia, então o filme mental pode começar com “a câmera caiu dentro da melancia”. O jogo volta para a outra pessoa que sugere a palavra feijão, então a história continuará: “a câmera caiu dentro da melancia e no meio da melancia tinha um pé de feijão”. E assim o jogo prossegue até fechar 10 palavras. Vale uma dica, quanto mais absurda for a história, mais facilmente o cérebro irá memorizar as palavras. “Nojo, humor e vulgaridade devem ser usados nas associações entre as palavras, pois tudo que é engraçado tem um poder diferenciado de ser aprendido e principalmente lembrado. Tudo o que gera nojo e repulsa estimula zonas cerebrais que favorecem o armazenamento das informações e experiências vivenciadas”, comenta Felipe Lima. No dia seguinte, relembre as dez palavras do dia anterior e faço um novo filme mental com mais dez palavras, no final do mês você terá memorizado 300 palavras. “Essa é a musculação do cérebro. Fazendo esta atividade, você ativará o seu cérebro a guardar outras informações”, enfatiza o especialista.
 
Vale ressaltar que o exercício físico também ajuda muito na manutenção de uma boa memória, afinal a atividade regenera os neurônios. Quem dorme mal também dificilmente conseguirá armazenar informações, então invista na qualidade do sono.
 
Outro conselho do especialista Felipe, e talvez o mais importante, é a postura, e não é a postura física. “O funcionamento da memória depende muito de uma série de atitudes. Fuja daquela postura derrotista do ‘eu estou velho e não consigo lembrar’, pois o inconsciente vai processar essa informação e isso interferirá negativamente no funcionamento da sua memória. Tenha uma postura otimista”, finaliza.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *