Programa “Porteiro Amigo do Idoso” abre inscrições para novas turmas

Posted by
 
Iniciativa gratuita do Grupo Bradesco Seguros será realizada nos dias 18, 19 e 20 de agosto, entre 8h30 e 12h30 

 

Redação Plena

 

Criado pelo Grupo Bradesco Seguros, o programa Porteiro Amigo do Idoso – que visa a capacitar os profissionais que lidam diariamente com moradores longevos a oferecer-lhes soluções e cuidados adequados às suas necessidades – está com inscrições abertas para a quinta turma do ano em São Paulo. Inteiramente gratuitas, as aulas serão realizadas de 18 a 20 de agosto, das 8h30 às 12h30, na República (Av. Ipiranga, 313). Os interessados podem se inscrever pelo site www.vilavelha.com.br/longevidade.
 
Em São Paulo, o programa foi lançado em 2012 no bairro Higienópolis, onde se estima que haja cerca de 15 mil pessoas com 60 anos ou mais. Desde a criação do programa, em 2010, no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, já foram formados cerca de 1.200 profissionais. A expectativa é formar, no total, aproximadamente 1.700 porteiros até janeiro de 2016, uma vez que a iniciativa foi estendida a outras cidades paulistas (Campinas, Santo André e Ribeirão Preto) e outros estados (Minas Gerais e Espírito Santo), além de alcançar novos bairros no Rio de Janeiro (Botafogo, Flamengo e Tijuca, além de Copacabana).
 
"Em 2015, o programa Porteiro Amigo do Idoso ganha ainda mais projeção, com a inclusão de novas praças não só no Rio de Janeiro, onde ele nasceu, mas também em São Paulo, além de ser lançado em outros estados, onde estamos tendo ótima receptividade. Essa iniciativa faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com a realização de ações que incentivem a conquista da longevidade com qualidade de vida, saúde e bem-estar", explica Eugênio Velasques, Diretor do Grupo Bradesco Seguros.
 
De acordo com o Censo 2012 (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE), a população de idosos na cidade de São Paulo apresenta ritmo de envelhecimento acelerado. Em 2027, São Paulo terá mais idosos do que jovens morando na cidade. Segundo a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade – portal de estatísticas do Estado de São Paulo), o índice de envelhecimento da população, que relaciona o grupo de pessoas com mais de 60 anos de idade, em comparação a jovens com menos de 15 anos, vai dobrar até 2030. A proporção, que em 2010 era de seis idosos para cada 10 jovens, passará, em 2030, para 12 idosos a cada 10 jovens.
 
Metodologia do treinamento
 
A metodologia, desenvolvida pelo Senac RJ, inclui uma vivência para que os alunos aprendam a se colocar no lugar dos idosos e a lidar com situações comuns para quem convive com pessoas longevas. Óculos para dificultar a visão, pesos nos pés e aparelho auricular, entre outros artifícios, são utilizados de forma que os porteiros sintam as limitações que a idade pode trazer e reflitam sobre as dificuldades enfrentadas pelos mais velhos.
 
O objetivo é capacitar o porteiro – apontado como "o melhor amigo do idoso", em pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com cidadãos da terceira idade de 32 países – a atuar de forma preventiva e proativa na resolução de questões do cotidiano, contribuindo para a segurança, autonomia, mobilidade e independência da população longeva.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *