ANTES DE ABRIR UMA EMPRESA, INDEPENDENTE DO SEU PORTE, É PRECISO ESTUDAR E REFLETIR SOBRE ALGUNS PONTOS FUNDAMENTAIS

Posted by

Por: Wanderley Parizotto – economista

Historicamente, 60% das micro e pequenas empresas abertas no Brasil, não chegam ao quinto ano de vida ( IBGE).

58% das 11 milhões de MEIs existentes no país,  não conseguiram pagar os impostos nos últimos 12 meses, que giram em torno de R$ 65,00 mensais.

Empreender está longe de ter uma ideia fantástica somente ou identificar uma grande oportunidade. É muito trabalho, todo dia

 

1- Plano de negócios
É na concepção da empresa que se apresenta o primeiro grande  obstáculo, a construção do negócio. Há clientes? Sim. Quantos (potencial de mercado)?
Onde estão e como chegar até eles, quem são os concorrentes e como atuam? Tudo isso é marketing.  Quanto de capital o novo negócio demandará para sua implantação e maturação até andar com as próprias pernas (fluxo de caixa descontado)? Se o empreendedor não tem todo o capital onde encontrar fontes de investimento? Qual a cadeia de impostos, onde há crédito ou débito? Qual empresa abrir? Mei, Micro, Pequena e etc.? Qual o tempo de retorno do capital investido? Qual será a rentabilidade do novo negócio?  Todas essas etapas formam um plano de negócios (business plan).
É necessário procurar ajuda técnica para discutir e elaborar um bom plano.
2- Olhar o todo, por todos os lados e manter-se atualizado
Em qualquer atividade humana, poucas variáveis são passíveis de total controle. A grande maioria das variáveis das nossas vidas não estão sob nosso controle. No caso de um negócio, diversos eventos podem ocorrer de maneira a afetá-lo profundamente. Uma crise econômica, mudança de impostos ou legislação, novos entrantes mais capitalizados e/ou preparados e outros.  Ter a visão do todo é fundamental. Visão 360 graus, da empresa, do mercado onde atua e da economia.
Para empreender é fundamental se preparar e ter a plena consciência de que aprender todo dia é tão importante quanto o capital de giro.
Antes de qualquer decisão mais importante é preciso discutir muito, analisar todos os aspectos, positivos e negativos, estudar profundamente a questão, sem perder a agilidade. Ter humildade para procurar ajuda é sinal de maturidade de um empreendedor.
3-Processos e organização

Quando se tem uma empresa é preciso saber conhecer as principais contas do negócio e entender os resultados através de um relatório chamado Demonstração de Resultados – DRE:  Só assim, será possível saber se o negócio está realmente valendo a pena. Se dá lucro ou não. Vender muito não significa lucrar muito. Conta corrente bancária cheia não representa rentabilidade do negócio. Entender um DRE é essencial para o crescimento. O empreendedor precisa se dedicar ao aprendizado de conceitos econômico-financeiros, para ler corretamente os números da sua empresa e não não se surpreender negativamente em alguns momentos. Criar indicadores de produtividade e performance – KPIs.

Precificar produtos e serviços não é tão simples quanto aparenta. Não é simplesmente aplicar um percentual sobre o custo. Há débitos e créditos de impostos (dependendo do enquadramento  da sua empresa), há custos ocultos no processo, perdas, retrabalho e etc.. É preciso muita atenção na hora de colocar o preço, para não ter prejuízos ou deixar de vender porque o preço está fora do praticado pelos concorrentes.

Não menos importante é ter um fluxo de caixa bem construído, para se ter uma fotografia real da situação e de caixa no dia, projetado para semana, mês e, dependendo do negócio, para prazos maiores. Assim, as correções poderão ser feitas para minorar problemas ou otimizar oportunidades.

Estabelecer metas e objetivos claros, discuti-los com a equipe. Monitora-los mensalmente e corrigir rotas, quando for o caso,   a partir de um planejamento anual com receitas, despesas e investimentos e resultados esperados. (Budget).

Criar mecanismos confiáveis de avaliação de crédito do cliente, para evitar o máximo possível inadimplências.

Ter a visão de toda a cadeia de suprimentos para reduzir vulnerabilidades diante de fornecedores.

4- Olhar novas tecnologias sem preconceito 

Esbanjar recursos com novos equipamentos, produtos e serviços tecnológicos, sem atender a real necessidade da empresa, pode traçar um caminho sem volta. Evitar modismos e  procurar novas tecnologias que de fato gerem impacto positivo na sua prestação de serviços e/ou oferta de produtos, que aumentem a produtividade e contribuam para redução de custo, melhorando a rentabilidade do negócio é o objetivo do investimento em tecnologia. 

Há muitas novas tecnologias direcionadas ao mundo corporativo. Identificar qual realmente irá te auxiliar a chegar aonde quer e bater cada vez mais metas deve ser a escolhida. 

5 – Manter o quadro de colaboradores e reter talentos

Ter bons profissionais garante alta qualidade nos processos estabelecidos pela empresa. Eles são responsáveis pelo atendimento ao cliente, fornecedores e etc. 

A sua equipe precisa ser composta por bons profissionais da área. E para manter esse time é preciso dedicação, além de outros fatores. Muitos pensam que oferecer um bom salário já basta.

Mas é preciso ir além. Boas condições de trabalho, treinamento constante, ferramentas adequadas de gestão, clima organizacional são muito relevantes para o crescimento do negócio. A equipe precisa se sentir protagonista. Ela é  tão importante quanto o empreendedor. 

E o mais importante, o coletivo da empresa precisa saber claramente o que ela quer e onde quer chegar, com metas e objetivos claros, budgets bem construídos e possíveis. 

6- Ter autoconhecimento

É preciso se conhecer, até para saber se pode ou não ser empreendedor. Olhar-se com muita honestidade. Ver suas qualidades e defeitos, lacunas que necessitam ser preenchidas, competências existentes e aquelas que precisam ser desenvolvidas, entre outros. Como se vê em situações de extrema pressão. Tudo isso é fundamental para o seu sucesso.

 

Na maioria dos casos, há necessidade de ajuda de terceiros.

Esta abordagem da realidade brasileira, corajosa e consciente, você só verá aqui no Portal Plena. Nós acreditamos que informação de qualidade é a base de uma sociedade melhor para TODOS. Compartilhe nossas publicações. Nós agradecemos!

Deixe um comentário