casalbeijando2.jpg

Sexo para sempre: um asilo de Nova York promove a intimidade entre idosos

Posted by
Quebrando tabus: o asilo Hebrew Home em Nova York é pioneiro no fomento de relações sexuais entre idosos. Porque ainda é importante vencer tabus, não importa a idade.
Fonte: Q5B
Em um mundo onde o amor está cada vez mais livre, as relações íntimas sofrem cada vez menos tabus e há mais abertura para o diálogo, não é estranho pensar que o sexo cumpre um papel importante mesmo quando o corpo envelhece. Afinal de contas, como no amor, para esta prática não há idade.
O asilo de idosos de Nova York Hebrew Home compreendeu que amor e sexo cumprem um papel importante na vida das pessoas de todas as idades. Na verdade, tornou-se o pioneiro na promoção da sexualidade saudável na velhice, e intensificou seus esforços para ajudar os moradores que procuram ter esse tipo de relação. Os funcionários da empresa organizam happy hours, bailes e até um serviço de encontros chamado G-Date (abreviação para Grandparents Date ou “Encontro de Idosos”).
Atualmente, 40 dos 870 residentes disseram manter um relacionamento.

O medo de falar sobre

Uma grande porcentagem dos que hoje têm entre 60 e 80 anos de idade e que possuem uma vida sexual ativa, ainda não se atrevem a confessar. Em parte porque eles foram criados e educados em uma sociedade que considera quase um sacrilégio expor as intimidades quando idosos.
No entanto, de acordo com especialistas, idosos sexualmente ativos desafiam as noções tradicionais sobre o envelhecimento e descobrem uma nova maneira de encontrar prazer.
Então, boas notícias e uma nova vida: vários lares de idosos em Nova York e em todo os Estados Unidos lentamente começaram a abordar a questão como parte de uma mudança mais ampla no atendimento institucional, no sentido de atenção individual. O próximo passo para alguns dos centros é permitir e prestar apoio aos residentes que desejam ter relações sexuais.
Dr. Cheryl Phillips, vice-presidente do grupo de serviços de saúde pública, da organização sem fins lucrativos LeadingAge – representando mais de 6.000 prestadores de serviços de cuidados a idosos – previu que o sexo é algo ainda mais frequente na terceiro idade em que os membros do “baby boomers” (nascidos entre 1940 e 1960) são residentes em lares de idosos. “Eles têm sexo porque é parte do que nós somos, e se mudar para uma casa de repouso não significa que você parar de fazer“, disse ele.

Deixe um comentário