autoretrato.jpg

Artista com Alzheimer desenha autorretratos durante 5 anos para registrar o progresso da doença

Posted by
Série de imagens serve para nos mostrar um pouco do que se passa dentro da mente de um paciente com Alzheimer, conscientizando-nos sobre a sensibilidade necessária para lidar com essa doença

 

Redação Plena / Fonte: Conaz

Quando o artista norte-americano William Utermohlen foi diagnosticado com o mal de Alzheimer, em 1995, ele decidiu fazer o melhor uso do seu tempo e da memória que se tornaria progressivamente limitada. Ele começou a usar sua arte para compreender-se melhor. Assim, por cinco anos, ele desenhou autorretratos antes que finalmente ele se esquecesse completamente como desenhar.
 
Esta série de imagens serve para nos mostrar um pouco do que se passa dentro da mente de um paciente com Alzheimer, conscientizando-nos sobre a sensibilidade necessária para lidar com essa doença. 
 

autoretrato.jpg

 
Um artigo escrito pela viúva do artista, Patrícia, explica perfeitamente porque essas imagens são tão poderosas; “Nestas fotos vemos com o coração partido os esforços de William para explicar sua percepção alterada, seus medos e sua tristeza”.
 
Você pode conhecer mais sobre as obras do artista através do site oficial, clicando aqui!
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *