Cuidadora pula de paraquedas: “Eu estou viva!”

Posted by
 Veja a história de Rita Furquim, que cuida da mãe com Alzheimer, e inspire-se, afinal qual é o sonho que você quer realizar?
 

 

Por Mariana Parizotto

 
A rotina de Rita Furquim é semelhante à de muitos cuidadores familiares: paciência, dedicação e muita atenção aos horários, medicamentos, alimentação e bem estar do portador de Alzheimer. Há seis anos, Rita cuida de sua mãe.
 
Para tornar este percurso mais leve, especialistas defendem que é fundamental que a família apoie o cuidador principal e ajude-o a conciliar as atividades e a vida pessoal frente ao acúmulo de tarefas. O caminho escolhido por Rita, que tem 55 anos, para dar seu grito de “eu estou viva!” foi uma aventura um tanto quanto radical – história que pode servir de inspiração para outros cuidadores.
 
Acompanhada de suas duas filhas, Rita realizou um sonho: saltou de paraquedas. “Era um grande desejo que estava adormecido por conta dos desdobramentos da vida. Então elas me incentivaram e eu decidi me dar isso de presente”, conta orgulhosa. “Foi um experiência revigorante. O vento batendo no meu rosto e aquela dose de adrenalina, me mostraram o quanto estou viva”, completa.
 
Além de aliviar o estresse diário, a aventura trouxe para Rita um novo olhar sobre sua condição e a condição de sua mãe. “Sei do quanto esta jornada exige dela e de mim também. Vivo em função das necessidades dela, mas ainda estou aqui, estou viva, tenho as minhas vontades e desejos. Para dar conta dessa missão, preciso também alimentar minha alma”, conta a cuidadora, que já tem planos para uma próxima experiência revigorante, “quero mergulhar! Já estive nas alturas, agora o próximo objetivo é enxergar a natureza da profundeza das águas!”.
 
E você, cuidador, qual o seu desejo? Qual sonho você quer realizar? Que presente você quer se dar? Não esqueça que os sonhos são o combustível da vida. 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *