Filme argentino “O Filho da Noiva” traz drama de um quarentão que precisa lidar com o caos do dia a dia e aproximar-se da mãe com Alzheimer

Posted by
Um dos pontos altos do filme é a perspectiva de ver um casal de idosos finalmente subindo ao altar, depois de quatro décadas vivendo juntos

 

Redação Plena

 
Filmes podem ser excelentes recursos para nos ajudar a entender e a refletir sobre determinados temas. O Alzheimer, por exemplo, tem servido de pano de fundo para diversas tramas no cinema – o mais recente exemplo é “Para Sempre Alice”, que deu o Oscar de melhor atriz à Julianne Moore. 
 
Uma dica interessante é o filme argentino O Filho da Noiva, que traz o drama pessoal e familiar de Rafael – interpretado por ninguém menos que o talentosíssimo Ricardo Darín -, o quarentão estressado que não tem tempo para dar atenção à namorada, à filha e à mãe (que sofre do Mal de Alzheimer). Um drama que recebe do roteiro um tratamento digno, humano, com pitadas de humor e fortes doses de emoção, buscando de cara a empatia com o público. Não é de se estranhar que O Filho da Noiva tenha sido um dos indicados para o Oscar de Filme Estrangeiro em 2002. 
 
Em meio a todas estas responsabilidades Rafael sofre um ataque cardíaco, que faz com que se encontre novamente com Juan Carlos, um amigo de infância, que o ajuda a reconstruir seu passado e ver o presente com outros olhos.
 
Um dos pontos altos do filme é a perspectiva de ver um casal de idosos finalmente subindo ao altar, depois de quatro décadas vivendo juntos. 
 
Em um filme onde a nostalgia dá o tom em meio ao caos social, o presente sobrevive guiado pelas rédeas do amor. Um olhar extremamente otimista!
 
Veja o trailer:

 
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *