Corrida conquista a terceira idade: veja dicas para iniciantes

Posted by
Sensação de prazer, prevenção de doenças e redução de peso estão entre os benefícios deste esporte

Por Mariana Parizotto

 

 
Diferentemente do passado, hoje, idosos estão mais ativos, trabalham mesmo depois da aposentadoria, possuem independência, autonomia e praticam os mais variados esportes.  Segundo Fábio Aquino, personal e proprietário da Fisiotrainers – empresa especializada na prática de atividades físicas – a  terceira idade tem buscado uma melhora na qualidade de vida e bem-estar, como também, a praticidade e a facilidade na hora  de praticar exercícios físicos, e por isso, o número de corredores idosos vem aumentando nos últimos anos.
 
Em grupo ou individualmente, a corrida traz benefícios psicológicos como melhora da auto estima, confiança, diminuição da ansiedade, além do fortalecimento do sistema cardiovascular e pulmonar, como também, a diminuição de massa gorda e prevenção de doenças como pressão alta, diabetes, osteoporose e depressão. 
 
Como toda atividade física, a corrida também tem suas contraindicações, e as limitações físicas como hipertensão, doenças cardiovasculares, lesões osteomusculares no joelho, tornozelo e quadril precisam ser observadas já que atrapalham e prejudicam o desempenho da atividade como também podem se agravar. “Esses riscos devem ser  considerados, levando em conta  as alterações da própria idade. Os exames clínicos devem ser realizados periodicamente para que os benefícios sejam maximizados e os danos minimizados”, explica o personal. 
 
Sobre quantas vezes por semana a corrida deve ser praticada, o personal afirma que esta é uma dúvida de muitos idosos. “Existem diversas variáveis que precisam ser observadas para  se dar uma resposta concreta. No caso de um iniciante, por exemplo, duas vezes por semana com intervalo de dois dias seria ótimo”, explica.  
 
Para quem deseja iniciar a prática de correr, o primeiro passo é ir ao médico para verificar se está apto, posteriormente é importante procurar a orientação de um professor formado e com base técnica na área e na faixa etária. 
 
Bem estar
 
Como dito no começo da matéria, a corrida proporciona bem estar, isto  se deve à serotonina liberada ao cérebro que dá a sensação de prazer. “Esta percepção faz com que o idoso tenha uma rotina de treino  e não queira parar, levando-o a uma redução de peso. E quem não quer perder uns quilinhos, né?”, diz Aquino. 
 
Dicas para os iniciantes 
 
No ínicio, o treino deve ir de forma gradativa, então treinos curtos e intervalados são interessantes para quem ainda não adquiriu resistência. Deve-se começar com uma caminhada de 5 a 10 minutos, nos próximos 15 minutos pode-se realizar um treino intervalado (corre 2 anda 1), e finaliza-se com mais 5 minutos de caminhada. “Não se pode esquecer que a  pressa é inimiga da perfeição, devemos começar de forma lenta para depois intensificar o treino”, finaliza o personal. 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *