Pilates Clínico pode melhorar a circulação e as dores nas pernas

Posted by
Veja como funciona esta técnica que está ganhando muitos adeptos 

 

Redação Plena

A má circulação é um problema que atinge homens e mulheres. Ela ocorre devido ao acúmulo de gordura na parede das artérias ou também devido a um defeito nas válvulas venosas, fazendo com que a circulação do sangue permaneça mais lenta. 
 
Os sintomas mais frequentes são dores nas pernas e na panturrilha, sensação de formigamento, surgimento de varizes, inchaço e coceira. 
 
Quem tem problemas de circulação nas pernas também tem mais chances de desenvolver um coágulo sanguíneo, conhecido como trombose venosa profunda.
 
Este problema não tem cura, mas existem tratamentos que ajudam aliviar os sintomas. O tratamento pode ser feito por meio de medicamento e mudança nos hábitos. Manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos são indispensáveis para melhorar a circulação sanguínea. 
 
“Quando os músculos são exercitados eles atuam comprimindo as veias, o que faz as veias empurrarem o sangue para a parte superior do corpo”, explica a Barbara Farias, fisioterapeuta e instrutora de pilates do Fit Body Pilates Spa & Estética.
 
Que atividade posso fazer para driblar a má circulação?
 
Entre as atividades indicadas para amenizar as varizes e dores nas pernas é o pilates clínico. O pilates é um exercício que tem a capacidade de alongar, definir e fortalecer os músculos. A técnica trabalha com a reeducação dos movimentos do corpo para aumentar a flexibilidade, melhorar a respiração e a circulação sanguínea. Além disso, corrigi a postura e previne lesões.
 
“A principal vantagem do pilates comparando com outros tipos de exercícios físicos é que a técnica desenvolvida por Joseph Pilates auxilia na circulação, o músculo contrai as válvulas permitindo que o fluxo sanguíneo consiga circular no organismo. O pilates trabalha o movimento e a respiração em conjunto. E quando a panturrilha sofre uma contração, automaticamente ela ajuda a melhorar a circulação sanguínea”,diz a especialista.
 
O pilates clínico é indicado para quem tem varizes. Os movimentos são suaves e coordenados de acordo com a respiração, além disso, o pilates não é um exercício de alto impacto.
 
Caso as suas varizes sejam congênitas, você pode recorrer a outros tratamentos que podem ser feitos por meio de medicamentos, uso de meias elásticas ou cirúrgico caso o angiologista perceba um comprometimento vascular. 
 
É importante consultar um médico para que seja feito uma avaliação e indique o melhor tratamento. 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *