Projeto da UFTM traz exercício físico para melhorar qualidade de vida de pacientes com Alzheimer

Posted by
“MoviMente” é aberto ao público e tem efeitos positivos nos sintomas cognitivos, comportamentais e motores da doença

 

 

Redação Plena

Um projeto conduzido pelo Núcleo de Estudos em Atividade Física & Saúde do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), em Uberaba, Minas Gerais, está trazendo o exercício físico como aliado dos pacientes com Alzheimer. Segundo a coordenadora Flávia Coelho, diversas pesquisas têm demonstrado a ação benéfica da atividade física como um tratamento não farmacológico para a doença, resultando em efeitos positivos nos sintomas cognitivos, comportamentais e motores da doença. 
 
O “MoviMente” é limitado a pessoas com grau leve da doença ou moderado e que tenham mobilidade independente. É gratuito e aberto à comunidade. Os interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone (34) 3318-5655, quando será agendado um primeiro encontro com o idoso e o familiar. São oferecidas 15 vagas e as inscrições podem ser realizadas até dia 27 de fevereiro. Para a inscrição deve ser apresentada uma declaração emitida pelo médico constando o diagnóstico da doença de Alzheimer e um parecer do profissional autorizando o paciente a realizar exercícios físicos.
 
“A atividade física quando praticada de forma regular e sistematizada promove benefícios como a melhora das funções executivas, da atenção, da aprendizagem e da linguagem, na redução da irritabilidade, ansiedade, apatia, melhoria do sono e do apetite. Nas funções motoras, melhora a marcha, o controle postural, aumenta a força muscular, melhora o equilíbrio e a mobilidade", explica Flávia.
 
Antes de iniciar o programa uma avaliação das funções mentais e da funcionalidade motora será realizada no paciente pela equipe responsável, que conta com a colaboração de três professoras da UFTM, sendo duas docentes do curso de Educação Física e uma do curso de Psicologia, além de dois alunos da Educação Física e duas da Psicologia.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *