Chega de tristeza: meditação pode nos deixar 800% mais felizes

Monge budista que participou de estudo sobre meditação da Universidade de Wisconsin, Yongey Mingyur Rinpoche vem ao Brasil ensinar técnicas para a felicidade

O segredo da felicidade existe, e ele passa pela meditação. Prova disso é o mestre budista tibetano Yongey Mingyur Rinpoche, que participou de estudo da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Na pesquisa, ele teve o cérebro escaneado em estado de meditação e descobriu-se que a atividade na área de seu cérebro responsável pela felicidade aumentou 800%.

A meditação é uma prática fácil de ser incorporada ao dia a dia. Segundo o mestre budista, a prática meditativa é um dos caminhos para o despertar, com muitas ferramentas que podem ser usadas como: contemplações profundas, exercícios simples para explorar a natureza da consciência e, também, meditações utilizando a imaginação para se conectar com um senso de contentamento e equanimidade que não depende das circunstâncias.

Nas próximas semanas, Yongey Mingyur Rinpoche compartilha esse conhecimento com os brasileiros. De 28 de abril a 7 de maio, ele passará por São Paulo e Rio de Janeiro para realizar três diferentes atividades direcionadas a quem busca uma vida mais leve e feliz.

Entre 28 de abril e 1º de maio, ele conduz em Embu das Artes (SP) o retiro “Consciência, Compaixão e Sabedoria: ensinamentos essenciais da Alegria de Viver”. Na sequência, ministra a palestra pública “Cultivando alegria numa época de incertezas” em 4 de maio no Rio de Janeiro (RJ). A passagem do mestre budista será encerrada com um workshop de dois dias em São Paulo (SP): “A jornada do despertar: ensinamentos sobre o Néctar do Caminho”, em 6 e 7 de maio.

Yongey Mingyur Rinpoche é um dos mestres budistas tibetanos mais aclamados atualmente. Ao apresentar a sabedoria tibetana de maneira profunda, envolvente e descontraída, Yongey Mingyur Rinpoche tem conquistado admiradores por todo o mundo. Seu primeiro livro, A Alegria de Viver – descobrindo o segredo da felicidade, esteve na lista dos livros mais vendidos do prestigiado jornal The New York Times e foi traduzido para mais de 20 idiomas.

O monge Yongey Mingyur Rinpoche. Foto – Divulgação

Em junho de 2011, Yongey Mingyur Rinpoche iniciou um período prolongado de retiro solitário que durou mais de quatro anos. Seguindo a tradição antiga dos yogis andarilhos, peregrinou entre Índia e Nepal, permanecendo em cavernas remotas e locais sagrados até novembro de 2015.

Mingyur Rinpoche retornou ao Brasil em julho do ano passado, quando lançou a edição brasileira de seu segundo livro, “Alegre Sabedoria”, cuja primeira tiragem esgotou rapidamente. Neste ano, Rinpoche irá visitar poucos países divulgando seus ensinamentos e compartilhando suas experiências, e o Brasil está no roteiro.

Agenda

Palestra “Cultivando alegria numa época de incertezas”

Data: 4 de maio

Horário: 20h às 22h

Local: Centro Cultural João XXIII (Rua Bambina 115, Botafogo – Rio de Janeiro/RJ)

Preço: R$ 50

Workshop “A jornada do despertar: ensinamentos sobre o Néctar do Caminho”

Data: 6 e 7 de maio

Horário: 9h30 às 17h

Local: Rua São Joaquim, 460, 2º andar, Liberdade – São Paulo/SP

Preço: R$ 380 (pelos 2 dias)

INSCRIÇÕES: tergarsp@gmail.com

 Fonte:  Wesley Figueiredo/ Assessoria de Imprensa

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *