Economia de tempo e dinheiro: idosos estão entre os principais pacientes do Dr. Consulta

Posted by
Com médicos de renome, agilidade de agendamento e preços populares, rede de clínicas particulares atrai até quem possui plano de saúde
Por Mariana Parizotto
 
Médicos dos melhores hospitais de São Paulo, consultas a preços populares e menos de uma semana para agendar um atendimento. Estes são alguns dos fatores que têm levado muitas pessoas, mesmo as que possuem plano de saúde, a procurar o Dr. Consulta, um conjunto de clínicas particulares voltadas para as classes C e D.
 
A primeira unidade foi criada em 2011, em Heliópolis, a segunda maior favela de São Paulo, com o intuito de levar atendimento de qualidade – boa parte dos médicos tem vínculo com os melhores hospitais da cidade, como Sírio-Libanês ou Beneficência Portuguesa – à periferia. Hoje já são 5 unidades, com mais duas a serem inauguradas ainda neste semestre (veja quais são). “Atualmente o perfil que atendemos é bem variado. Mais de 20% possuem convênio, mas estão insatisfeitos com o serviço prestado e acabam nos procurando pela agilidade e qualidade que oferecemos. Também temos muitas pessoas com mais de 50 anos que acabam abandonando o convênio médico – que fica muito caro nesta faixa etária”, explica a diretora médica do Dr. Consulta, Tatiana Hirakawa.
 
Com economia de tempo e recursos, os idosos estão entre os principais pacientes do Dr. Consulta. Segundo a doutora Tatiana, que é cardiologista, as clínicas oferecem uma boa vantagem ao público da terceira idade: tratamento integrado. “Aqui, o idoso é realmente assistido. Temos o seu histórico médico, que é avaliado em qualquer consulta que ele passe. Contamos com mais de 35 especialidades, entre geriatria, cardiologia, oftalmologia, neurologia, além dos exames de laboratório e exames de imagem”.
 
Como preceito básico, os médicos que fazem parte da rede têm de valorizar o atendimento humano. “A fidelização do paciente se dá por meio de atendimento de qualidade, alcançado a partir da estrutura adequada para que seja possível o diagnóstico”, ressalta Tatiana Hirakawa. Assim como ela, os demais profissionais não são voluntários. São remunerados em condições de mercado. “O Dr. Consulta é um grande projeto que não só oferece atendimento médico com qualidade a valores bem abaixo dos praticados, como também emprega muita gente. Eu dedico 90% do meu tempo profissional a esta iniciativa”, orgulha-se.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *