Estudo mostra que anti-inflamatórios podem ajudar no tratamento de Alzheimer

Posted by

Salsalato seria capaz de reverter a toxicidade da proteína tau no cérebro

Redação Plena /  Fonte:  Conaz

O salsalato, um remédio anti-inflamatório indicado para o tratamento da dor leve ou moderada, especialmente a artrites reumatoide, poderia servir para tratar os sintomas da demência ou do Alzheimer, segundo publicação da Revista Nature Medicine.

Em experimentos com ratos,  os pesquisadores descobriram que o salsalato agiu na prevenção do acúmulo da proteína tau no cérebro, além de protegê-lo de problemas cognitivos semelhantes aos causados pelo Alzheimer e demência frontotemporal. Com isso, foi possível recuperar os danos causados à memória dos animais, evitando  a atrofia do hipocampo.

Isso acontece porque o medicamento inibe a acetilação da proteína tau, processo que a torna tóxica e leva ao déficit cognitivo e neurodegenerativo.  Esse foi o primeiro medicamento descoberto que teve a capacidade de reverter todos os aspectos da toxicidade da proteína tau no cérebro.

Os efeitos positivos do salsalato foram comprovados em testes onde os animais já possuíam a doença, o que é uma boa opção para tratamento contra o Alzheimer.

"Tratar a acetilação de tau poderia ser uma nova estratégia terapêutica contra as patologias tau dos humanos, como o mal de Alzheimer e a demência frontotemporal", completou Eric Verdin, outro autor do estudo.

Deixe um comentário