HC testa suplemento alimentar no tratamento de mulheres na pós-menopausa

Posted by
Setor de reumatologia do hospital está recrutando 200 voluntárias entre 50 e 70 anos de idade para pesquisa sobre efeitos da creatina nos ossos

 

Redação Plena

           
O Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da USP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e maior complexo hospitalar da América Latina, vai estudar o uso de suplemento alimentar a base de creatina no tratamento de mulheres na pós-menopausa.
 
Para isso serão recrutadas 200 voluntárias entre 50 e 70 anos de idade que não fazem uso de medicamentos que afetam o osso (como cálcio, vitamina D, alendronato entre outros), nem utilizam suplementos vitamínicos.
 
A pesquisa irá investigar os efeitos terapêuticos da creatina no osso. A substância é um composto natural sintetizado pelo próprio organismo e consumido na dieta habitual.
 
 Em atletas, o suplemento é capaz de aumentar a capacidade física e a massa muscular, além de melhorar o fornecimento energético durante o exercício. 
 
As interessadas deverão se inscrever pelos telefones 3061-7158 ou 3061- 7213, às segundas, terças, quartas e sextas-feiras, das 8h às 12h, ou pelo e-mail protocolocreatina@gmail.com.
 
A triagem acontecerá por telefone. As mulheres selecionadas serão avaliadas e acompanhadas, por dois anos, na Divisão de Reumatologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *