Para ajudar a família em tempos de crise, 7 milhões de idosos entram na lista de inadimplentes

Posted by
 
Crédito consignado é o principal vilão, alertam especialistas

 

Redação Plena

 

Os inadimplentes com 61 anos ou mais já chegam a 6,99 milhões de pessoas, revela estudo da Serasa Experian. O número equivale a cerca de 1/3 da população desta faixa etária (23,7 milhões, segundo o IBGE) e representa 12,4% dos 56,4 milhões de inadimplentes do país. O levantamento foi desenvolvido pela área Big Data da Serasa Experian em junho de 2015.
 
Para os especialistas da Serasa Experian, uma das explicações para o crescimento da fatia de idosos inadimplentes está relacionada com o crédito consignado. Como este tipo de financiamento é mais acessível aos aposentados, em momentos de alta da inflação e aumento do desemprego, muitos deles são levados a solicitar este tipo de crédito para socorrer as contas da casa. “O idoso faz o empréstimo para ajudar a família, mas não consegue se manter em dia com os pagamentos das parcelas”, diz o gerente da Serasa Experian, Fernando Rosolem. “Isso corre porque essa faixa etária é uma das que mais sofre com a alta de preços de remédios, plano de saúde e alimentos."
 
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *