Que tal aproveitar a aposentadoria fora do Brasil?

Posted by
Aposentados que desejam morar fora têm uma excelente opção na Austrália, que criou uma categoria de imigração para pessoas acima de 55 anos que pretendem investir e trabalhar no país

 

Redação Plena

 
 
Estar aposentado não significa deixar os sonhos ou a vontade de uma nova vida para trás. Para as pessoas acima de 55 anos e que ainda mantêm o sonho de morar fora do Brasil, uma boa notícia: a Austrália criou uma categoria de imigração para aposentados e concede um visto para aqueles que pretendem investir e ainda trabalhar no país. 
 
É importante ressaltar que o visto para aposentados não é permanente e depende de um processo oficial. “O visto possui um período de validade de 4 anos, mas desde que continue atendendo aos requisitos governamentais, é possível renová-lo quantas vezes o aposentado quiser”, explica MaCson Queiroz, diretor da M.Quality, empresa de Assessoria em Imigração e Negócios para a Austrália. 
 
Outra possibilidade deste tipo de visto é a do requerente levar seu cônjuge para a Austrália. Neste caso, não é obrigatório que o cônjuge tenha acima de 55 anos ou que seja também aposentado. Isto quer dizer, se a pessoa estiver numa relação que comprove a união estável mesmo com uma pessoa mais jovem, o governo australiano não terá problemas com a diferença de idade. 
 
Vale lembrar que o aposentado que se mudar para a Austrália não terá direito ao pagamento da aposentadoria australiana, já que durante o período de trabalho não contribuiu com os impostos do país. Porém, isso não significa que o aposentado terá sua renda diminuída, pois o governo australiano permite que o imigrante trabalhe na área que se sinta capaz e qualificado. “Os aposentados que imigrarem para Austrália podem encontrar empregos, por exemplo, nas áreas de finanças, agronegócios, computação e outras.”
 
Empreender
Para os aposentados que pensam em abrir o próprio negócio na Austrália, a notícia também é boa: o governo facilita o visto de quem deseja investir no país. Mas para essa modalidade de visto é preciso ficar atento a um detalhe. É permitido investir desde que o aposentado prove que a sua principal fonte de renda não virá deste novo empreendimento. 
 
O governo até permite que o aposentado possa receber na Austrália a aposentadoria que recebe no Brasil sem burocracia. 
 
Como tirar o visto?
O processo de obtenção do visto de imigração na Austrália não é tão simples. Por isso, é importante contar com uma agência imigratória experiente, especializada e que seja registrada junto ao governo australiano. 
 
A M.Quality disponibiliza em seu site o “1º. Passo Gratuito”, um serviço gratuito do guia de elegibilidade que avalia se o candidato é elegível para uma das categorias de vistos que pretende requerer. Ao preencher o formulário no site, e sendo elegível a uma das categorias, ele recebe um convite para uma conversa com um dos consultores da M. Quality com o objetivo de informar o resultado e de receber demais orientações e esclarecimentos. 
 

Deixe um comentário