velhos no mercado de trabalho

Startup de Suplementos abre Vagas para Pessoas com Idade de 60+ Talentos seniores poderão se inscrever pelo site da empresa…

…o prazo termina HOJE.

 

Sob o conceito de “Empoderar pessoas com idade 60+ a viver o melhor da vida com saúde e bem-estar”, a empresa busca oferecer produtos adequados às necessidades dos clientes e reforça sua posição como pioneira nesse segmento. Representando aproximadamente *56% dos brasileiros que buscam novas oportunidades para empreender, as pessoas de 60 anos ou mais, exercem um papel importante na sociedade e é para este grupo que a Vem, Vida quer oferecer novas oportunidades de trabalho, para formar sua equipe de afiliados estrela, os talentos seniores.

A Vem,Vida irá oferecer aos afiliados estrela um acompanhamento com nutricionista e educador físico, pelo período de seis meses, para avaliar a evolução de cada pessoa no quesito saúde e bem-estar. Outros benefícios são ajuda de custo, descontos especiais, além do acesso a informações e artigos com conteúdos relevantes, assinados por profissionais do setor, nutricionistas, médicos e educadores físicos.

As vagas para os talentos seniores estão abertas e os interessados poderão participar de seleção por meio de inscrição online, no link:
https://www.vemvida.com.br/inscricoes-abertas/

*Fonte IBGE

Sobre a Vem, Vida – Criada em janeiro de 2018, pelos empreendedores Filipe Jeronimo (sócio fundador e diretor de operações), Léo Wehbi (sócio fundador e diretor de marketing e P&D) e Ude Lottfi (sócio fundador e diretor de marketing e relacionamentos), a Vem, Vida é uma linha de produtos que nasceu para dialogar com as pessoas de 60+. Tem o objetivo de oferecer suplementos alimentares que possam ter um impacto positivo na saúde e qualidade de vida das pessoas 60+. Com a missão de proporcionar mais longevidade e incentivar uma atitude saudável, a razão de ser da empresa é pautada em três pilares: a longevidade com saúde, a geração de renda e a valorização social. www.vemvida.com.br

Fonte:  Assessoria de Imprensa/Rosangela Andrade

Deixe um comentário