Clima quente requer cuidados com a alimentação dos idosos

Posted by
A desidratação nas pessoas com mais de 60 anos pode gerar sérios problemas como risco de quedas, perda da função cognitiva, infecções de urina, taquicardia, tontura, entre outros

 

Redação Plena

 
 
Com as altas temperaturas deste verão e o tempo seco é preciso prestar atenção na hidratação dos idosos. O grupo dessa faixa etária é mais vulnerável e se desidrata com maior facilidade. E a desidratação nas pessoas com mais de 60 anos pode gerar sérios problemas como risco de quedas, perda da função cognitiva, infecções de urina, taquicardia, tontura, entre outros.  
 
"A questão é delicada e merece importância. O primeiro passo é adotar medidas de nutrição para prevenir a desidratação nos idosos e ficar atento aos primeiros sinais, antes dos sintomas mais severos. Por exemplo: Quando notar que a pele está seca, descamando e quebradiça, podendo até a apresentar feridas, neste caso a busca por um profissional de saúde é fundamental para evitar outras consequências", explica Laura Contin de Sousa, nutricionista do Residencial & Hotel Villa Bela Vista.
 
De acordo com a especialista, nesta época alguns alimentos devem ser riscados do cardápio do idoso. "Os embutidos apresentam alta concentração de sódio, tais como salame, presunto, salsicha, linguiça e frios de uma maneira geral. Esses produtos expulsam a água do organismo. Outro ponto que merece destaque são os temperos prontos muito utilizados hoje em dia. Essa substituição da cebola e do alho no dia a dia é um erro, pois são alimentos antifúngicos e antibactericidas, que protegem o pulmão e o aparelho circulatório. O sistema imunológico do idoso sente a alteração".
 
Um aspecto que também deve ser levado em consideração é que as pessoas da terceira idade, geralmente, apresentam incontinência urinária e tomam remédios diuréticos, o que facilita a perda da água. "E aliado ao fato de que os idosos costumam sentir menos sede, é fundamental aumentar a ingestão de líquidos durante as refeições e incluir frutas ricas em água e sais minerais ao longo do dia", recomenda Laura.
 

Deixe um comentário