Conheça os tratamentos não cirúrgicos para hérnia de disco

Posted by
Hérnia pode provocar dores no braço ou na perna, formigamento nos pés ou nas mãos, dormência nos braços ou nas pernas, diminuição de força e atrofia de musculatura

 

Redação Plena

Cuidar da postura diariamente é a melhor maneira de prevenir incômodos nas costas. No entanto, mesmo assim algumas pessoas costumam negligenciar as cautelas com a região e, por este motivo, são acometidas com dores na região lombar.
 
Quando essas dores não são tratadas da maneira correta, pode se acentuar e evoluir para doenças mais graves como a hérnia de disco. Segundo o fisioterapeuta Helder Montenegro, especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna e diretor do Instituto Pilates, a hérnia de disco se instala quando os discos intervertebrais sofrem um desgaste provocando a compressão das raízes dos nervos.
 
O profissional explica que a coluna vertebral é composta por vértebras, discos intervertebrais, nervos, medula e ligamentos. “Entre as vértebras ficam localizados os discos intervertebrais, sendo que estes são constituídos por uma parte central, chamada núcleo pulposo, de uma parte periférica composta de tecido cartilaginoso denominado anel fibroso e de uma parte superior e inferior chamado placa terminal. Quando o núcleo pulposo sai através de uma fissura em seu anel fibroso é chamada de hérnia de disco”, diz ele.
 
Ou seja, o disco intervertebral funciona como um amortecedor. Quando ocorre o extravasamento do núcleo pulposo, provoca uma compressão das raízes nervosas responsáveis pela inervação de membros. “Dessa forma, os discos intervertebrais sofrem um desgaste em decorrência do uso repetitivo, facilitando a formação de uma hérnia”, informa Montenegro.
 
O acometimento de uma hérnia pode provocar: dores no braço ou na perna, formigamento nos pés ou nas mãos, dormência nos braços ou nas pernas, diminuição de força e atrofia de musculatura. “A hérnia de disco é mais frequente na região lombar, mas pode se apresentar em outras áreas da coluna. Esses sintomas deixam o individuo limitado durante a realização de atividades simples no dia a dia”, afirma Helder.
 
Tratamento não cirúrgico para hérnia de disco
 
Existem diversas possibilidades de tratar a hérnia de disco sem necessitar de procedimento cirúrgico. Conheça alguns dos métodos empregados:
 
RMA da Coluna Vertebral
Nesse tratamento são empregadas técnicas de Fisioterapia Manual, mesa de tração eletrônica, mesa de descompressão dinâmica, estabilização vertebral e exercícios específicos. “O objetivo é promover um grau maior de mobilidade músculo-articular e reduzir a compressão causada no complexo de disco vertebrais e facetas. Outro benefício é que os exercícios promovem o aumento da força dos músculos profundos e posturais da coluna vertebral”descreve o fisioterapeuta.
 
Fisioterapia manual
O tratamento através da fisioterapia manual tem a finalidade de reduzir o acometimento de dores e espasmos porque promove um aumento da mobilidade dos tecidos moles que causam alterações no movimento articular. O especialista afirma que nas técnicas de fisioterapia manual são utilizadas: Osteopatia, Maitland, Mulligan e mobilizações articulares.
 
Pilates
Esse método tem o intuito de aumentar o condicionamento físico e mental através de exercícios que trabalhem todo o corpo todo, empregando diferentes aparelhos e equipamentos.
 
Através dos seus princípios, concentração, fluidez, controle, respiração, centro de força, postura o praticante do método irá melhora sua consciência corporal, flexibilidade, equilíbrio e força muscular. “O fortalecimento dos músculos que sustentam a coluna, protege os ossos e articulações de serem acometidos por lesões, o que ajuda a diminuir a sobrecarga na lombar”, conclui Montenegro.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *