Degeneração macular é a doença ocular mais comum na terceira idade; primeira causa de cegueira em pacientes de 65 anos ou mais

Posted by
30 milhões de pessoas no mundo têm DMRI; dado representa o dobro das pessoas acometidas pelo Mal de Alzheimer, de acordo com a Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo

 

Redação Plena / Fonte: Bayer HealthCare

 
A terceira idade é uma fase que exige muita atenção no que diz respeito à saúde. Muito se ouve falar sobre os cuidados que devem ser tomados em função da grande incidência de doenças como hipertensão, diabetes, Mal de Parkinson e Alzheimer. Porém, doenças oculares como catarata, glaucoma e degeneração macular relacionada à idade (DMRI)também têm grande prevalência em idosos. Um exemplo disso é que, segundo a Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, atualmente cerca de 30 milhões de pessoas no mundo têm DMRI, dado que representa o dobro das pessoas acometidas pelo Mal de Alzheimer, por exemplo.
 
A partir dos 55 anos, os riscos de perda de visão são cada vez maiores. A DMRI é a doença ocular mais comum na terceira idade, sendo a primeira causa de cegueira em pacientes de 65 anos ou mais em países industrializados, segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde. Apesar da projeção crescente sobre novos casos, já que o problema surge com a idade e as taxas de longevidade aumentam progressivamente, o assunto ainda é pouco explorado.
 
Em uma pesquisa realizada em 2014 pela Associação Retina Brasil, em parceria com a Bayer, em sete capitais do Brasil, foi constatado que 81% das pessoas nunca ouviram falar em DMRI e 91% não sabem o que é degeneração da mácula e nem quais são os seus principais sintomas. 
 
O surgimento da doença está ligado a aspectos genéticos, metabolismo e fatores ambientais. Quando a visão se torna comprometida nesta fase da vida, há um aumento de limitações no desenvolvimento de atividades do dia-dia e com isso menor qualidade de vida para estes indivíduos. "Obesidade, tabagismo, dieta pobre em frutas e hortaliças e excesso de exposição a raios solares também são importantes fatores de risco aos quais é preciso atenção. Além disso, os pacientes que apresentam sintomas e não procuram o especialista podem ter sua condição agravada", afirma Dr. André Gomes, oftalmologista e presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo.
 
DMRI: perigo na terceira idade
A patologia degenerativa atinge a área central da retina, conhecida como mácula, e provoca a perda progressiva da visão central, que é a responsável pelo foco e nitidez de tudo o que é enxergado. A prevalência de cegueira é de cerca de 8,7% entre as pessoas acometidas pela enfermidade.
 
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *