“Em pleno século XXI, é inadmissível os dentes de uma pessoa dormirem num copo com água”, diz o dentista Sidnei Leonard Goldmann

Posted by
Em entrevista ao Plena, o especialista fala dos avanços dos implantes dentários e explica o quanto a saúde bucal interfere na qualidade de vida da terceira idade

 

Por Mariana Parizotto

 
Sabe aquela imagem típica de uma dentadura dentro de um copo da água? Para o especialista em implantes dentários e enxerto ósseo, Sidnei Leonard Goldmann, é inadmissível que pessoas ainda utilizem este tipo de prótese. Em entrevista ao Portal Plena, o dentista foi enfático em afirmar que hoje os tratamentos estão muito mais acessíveis e com resultados bem mais eficientes, e, ao contrário dos procedimentos mais antigos, não causam dor e desconforto.
 
Goldmann explica ainda o quanto a falta de saúde bucal diminui a qualidade de vida e a autoestima dos idosos.
 
Veja:
 
Podemos dizer que hoje o tratamento dentário está mais acessível? 
Sim. Os tratamentos dentários estão mais acessíveis porque os pacientes e as pessoas, em geral, estão mais informadas. Os tratamentos estão mais previsíveis e as tecnologias e qualidade do profissional propiciam diversos tipos de planejamento e tratamento que se enquadram nas necessidades, realidade e expectativa de cada paciente. 
 
Quais tratamentos são os mais buscados pelo público da terceira idade?
É na terceira idade que as pessoas irão colher o fruto. Ou seja, se a pessoa escovou os dentes corretamente, frequentava as consultas periódicas ao dentista, se preocupava com a saúde bucal, entre outros aspectos importantes, provavelmente este paciente vai fazer tratamentos profiláticos como, por exemplo, higienização, cuidado da gengiva ou restaurar algum desgaste dental. Porém, se ao longo da vida não fez nenhum tipo de prevenção ou tratamento correto, é muito comum esses pacientes apresentarem falta de vários dentes, problemas periodontais, perda óssea – problema que chega a quase a 80% dos indivíduos da terceira idade -, por isso, os tratamentos mais usuais nesta faixa etária são os implantes dentários, enxertos ósseo e próteses. 
 
Muitos idosos queixam-se por não conseguirem se adaptar ao uso da dentadura. Quais as principais evoluções dos tratamentos dentários nos últimos anos para este público?
É muito comum pacientes se queixarem da prótese total dentaduras e não se adaptarem por machucar. O que acontece é uma reabsorção óssea, então, a dentadura faz uma pressão ao rebordo ao osso reabsorvendo, ou seja, diminuindo. Assim, faz com que a prótese fique folgada e não tenha estabilidade e retenção. Em pleno século XXI, é inadmissível os dentes de uma pessoa dormirem num copo com água. Por isso, os implantes das técnicas de regeneração óssea estão aí para solucionar este problema antigo.
 
Quanto a saúde bucal interfere na qualidade de vida da terceira idade? Quais outros problemas o idoso pode ter pelo não tratamento adequado da dentição?
A saúde bucal e importantíssima na terceira idade, pois, as principais funções é a de mastigação, fonética e estética, sem estes três itens o paciente perde qualidade de vida e diminui a autoestima. As infecções bucais podem trazer problemas para o sistema digestivo e circulatório, principalmente pacientes que têm problema na válvula mitral do coração. O paciente pode ter dor de cabeça ou no pescoço se os dentes não tiverem bem organizados. Por isso, lembre-se de cuidar dos dentes desde a infância para poder ter uma terceira idade saudável.
 
Mais informações na páginda do Facebook do especialista: https://www.facebook.com/pages/Goldmann-Odontologia/1621906054711588
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *