Em tempos frios é bom conhecer formas naturais de se livrar de gripes e resfriados

Sem analgésico, nem antitérmico e nem anti gripal. Saiba os poderes da natureza que ajudam na expectoração, aumentam a imunidade e ainda combatem as gripes e resfriados comuns dos dias frios

Para o farmacêutico homeopata Jamar Tejada (Tejard), da capital paulista, algumas receitas naturais são tiro e queda contra os sintomas das gripes e resfriados. Seja para aliviar dores no corpo, febre, expectorar e acalmar a tosse ou ainda para garantir a imunidade nas alturas.

“Existem formas naturais de limpar as passagens nasais com opções naturais, que tratam os sintomas através de plantas, extratos e chás que ajudam o corpo a combater os sintomas bem rápido”, diz o especialista que explica uma a uma.

Para alívio das vias nasais e das dores de cabeça: Banho quente

O vapor umedece as passagens nasais deixando-as menos irritadas. “Usar sais de banho mentolados com algumas gotas de óleo de hortelã-pimenta pode ajudar ainda a aliviar a congestão e as dores de cabeça provenientes da gripe. Substitua o óleo pelo de eucalipto para aliviar a congestão nasal”, fala.

Para desintoxicar: Óleo de coco

O óleo de coco possui propriedades antibacterianas e também contém ácido láurico, um agente antimicrobiano. “Faça bochecho com uma colher de sopa de óleo por pelo menos um minuto pela boca toda, dentes e gengiva, quanto mais tempo ficar, mais bactérias serão removidas”, ensina Tejard.

Para umidificar o ar: Plantas naturais

O ar muito seco pode piorar os sintomas de gripes e resfriados e ainda aumentar a duração deles. Para fazer um umidificador caseiro há duas maneiras:

Ferver duas xícaras de água destilada em uma panela e colocar no ambiente ainda quente. Repetir a ação sempre que a água esfriar. Você também pode usar a umidificação proporcionada pelas plantas caseiras como aloe vera, palmeira de jardim, ficus e diversas outras espécies de philodendron e dracena que através das folhas, flores e caules liberam vapor no ar. Se tiver o hábito de usar umidificador elétrico regularmente não esqueça de limpá-lo sempre, já que mofo e bolor podem crescer facilmente em ambientes úmidos.

Para expectorar: Chás

Estes podem ser feitos com assa peixe, agrião, limão bravo, bálsamo de tolu, mastruço e jatobá. “Os líquidos quentes ajudam a soltar as secreções nos seios paranasais para que o muco flua mais livremente”, explica Jamar.

Para o fim da tosse: Eucalipto e Abacaxi

O eucalipto tem propriedades antioxidantes que protegem o corpo contra os radicais livres e o ativo de cineol: um composto que funciona como um expectorante para combater infecções respiratórias e aliviar a tosse.  As pomadas manipuladas com este óleo também podem ser aplicadas na área do nariz e peito para aliviar e congestão e soltar o catarro. Já as folhas frescas ou secas de eucalipto podem ser usadas no preparo de chás e gargarejo de água morna para aliviar uma dor de garganta. Faça um chá de eucalipto fervendo de 2 g a 4 g de folhas secas em uma xícara de água por cerca de 10 a 1 5 minutos. Beba o chá até três vezes ao dia. Já o abacaxi ajuda a acalmar a tosse e tem ação expectorante. Para isso, basta aquecer um copo de água, adicionar 3 colheres de sopa do suco de abacaxi e duas colheres de sopa de sobremesa de mel. Beber ainda quente, antes de dormir. “A fruta ainda ajuda a contribuir com efeito anti-inflamatório, principalmente quando se refere a problemas nasais”, finaliza Jamar Tejada.

Sobre Jamar Tejada

Farmacêutico graduado pela Faculdade de Farmácia e Bioquímica pela Universidade Luterana do Brasil, RS (ULBRA) e Pós-Graduação em Ciências Homeopáticas pelas Faculdades Associadas de Ciências da Saúde. Proprietário e Farmacêutico Responsável pela ANJO DA GUARDA –  Farmácia de manipulação e homeopatia  – desde agosto de 2008.

Para saber mais acesse: www.tejardiando.com.br

Fonte: Mayra Barreto Cinel – Comunicação

Deixe um comentário