O que acontece com o corpo quando se exagera na bebida alcoólica?

Posted by
Saiba o que fazer para diminuir os efeitos da ressaca

Redação Plena

Durante o carnaval, o consumo de bebidas alcoólicas aumenta muito e seu excesso provoca uma das principais causas de atendimento de emergência nos dias de folia. A Dra. Fabiana Rodrigues Hernandes, clínica geral e nefrologista do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco, explica que pequenas doses, como 0,01g a 0,05g de álcool por 100 ml de sangue (equivalente a uma ou duas latas de cerveja) já são responsáveis por mudanças no organismo. Listamos quais são os efeitos do álcool no organismo e como minimizá-los:
Como o álcool afeta o organismo?
Mesmo em pequenas concentrações, o álcool já provoca mudanças no organismo. Isso acontece, pois apenas 10% da bebida alcoólica ingerida são descartados pelo corpo pela urina ou por meio da respiração, e o restante (90%) é metabolizado pelo fígado. Conforme a ingestão de álcool aumenta, cresce também sua concentração no sangue, provocando, assim, uma série de estímulos e sensações, como perda de equilíbrio, euforia, relaxamento, sensação de prazer, riso fácil, diminuição de reflexos, aumento da frequência cardíaca e respiratória.
 Quais são os órgãos mais afetados? 
Assim que o álcool é ingerido, ele se espalha por todo o organismo. Seu consumo contínuo vai “envenenando” o corpo, mas, alguns órgãos, são particularmente mais afetados do que outros, como, por exemplo, o sistema nervoso. O álcool inibe a liberação do hormônio antidiurético (ADH) produzido no cérebro. O ADH atua sobre os rins e é responsável por controlar os níveis de urina secretada, portanto, sua deficiência pode levar à desidratação. Os neurônios também são prejudicados, resultando na perda de memória e coordenação motora.
O trato gastrointestinal também é afetado devido a uma inflamação ocasionada pelo álcool. Entre os danos estão a gastrite e o vômito.  Além disso, a intoxicação progressiva nas células pode levar a uma parada cardiorrespiratória e a vasodilatação, inclusive os vasos do cérebro, ocasionando a dor de cabeça.
Qual o tempo de recuperação do organismo?
Isso é relativo e dependerá de alguns fatores: quantidade de bebida consumida, altura e peso do indivíduo. Geralmente o corpo leva 8 horas para metabolizar toda a bebida ingerida. No entanto, as mulheres levam mais tempo para se recuperar do que os homens, pois a produção da enzima que degrada o álcool é menor no organismo feminino em comparação ao masculino.
Qual a causa da ressaca?
Cientificamente não existe uma causa definida para a ressaca. Na verdade ela é multifatorial, ou seja, é resultado de uma série de fatores: desidratação do organismo devido à deficiência do hormônio ADH, vasodilatação, hipoglicemia, entre outros.
Por isso, recomenda-se beber bastante água e evitar o consumo de bebidas gordurosas para não sobrecarregar ainda mais o fígado – responsável por metabolizar o álcool.
O que fazer para diminuir os efeitos da ressaca?
Em primeiro lugar, não exagerando no consumo. Outra dica é optar por bebidas com menor concentração alcoólica e fazer sua ingestão de forma lenta e num maior espaço de tempo. Além disso, não se esqueça de beber água o tempo todo e evitar comidas gordurosas que demandem mais do fígado. Comer frutas, verduras e legumes também ajudarão o seu corpo a se recuperar dos efeitos do álcool.

Deixe um comentário