Segundo estudo, sexo é melhor para mulheres aos 80 anos…

..isso mesmo: você leu certo, pois, segundo um estudo* realizado pela  Universidade de Manchester, no Reino Unido, as relações sexuais são bem mais satisfatórias  para mulheres que têm  80 anos do que para aquelas mais jovens, que estão em torno dos 60 anos.

Os responsáveis pela pesquisa  acreditam que a satisfação entre as mulheres  mais velhas está relacionada ao fato de que elas se sentem mais felizes e confortáveis, ou seja, estão menos encucadas e aceitam que o sexo não precisa ser perfeito.

Redação Plena

A matéria, que foi publicada pelo site da revista Superinteressante e escrita pela jornalista Giselle Hirata, você lê abaixo:

“Mais de 7.000 mulheres, com idades entre 50 e 80 anos, participaram da pesquisa. Ao serem questionadas sobre o seu bem-estar sexual (que incluía perguntas sobre frequência e prazer), 25% das entrevistadas, na casa dos 50 anos, disseram ter dificuldades para se excitar. E o número continuou aumentando conforme a idade avançava: 37% para as pacientes com 60 anos, e 40% para as de 70.

A surpresa foi que entre as mulheres de 80 anos, o nível de insatisfação caiu: apenas 35% relataram ter algum problema. Para David Lee, um dos autores, o resultado mostra que é preciso quebrar tabus a respeito da vida sexual na terceira idade. “Na sociedade, há uma percepção de que não existe sexo quando você chega aos 80 anos. E isso, claramente, não é o que acontece e não é o que as pessoas nessa idade acreditam”, disse em entrevista ao Telegraph.

Dados do estudo também revelaram que as mulheres mais velhas estavam mais satisfeitas e felizes com suas vidas sexuais. Boa parte do entusiasmo, segundo as entrevistadas, era devido aos contatos íntimos e de cumplicidade com seus parceiros, que as deixavam mais relaxadas. O mesmo aconteceu com os homens mais velhos, que relataram ter relações de duas a três vezes por semana.

Para os especialistas, manter a sexualidade ativa tem impacto positivo na vida dos idosos, que tendem a ser mais felizes em seus relacionamentos – que amadurecem com o passar dos anos e, como o vinho, ficam cada vez melhores”.

*O estudo foi realizado no ano passado.

Deixe um comentário