Viagens longas podem ser perigosas para a circulação, diz cirurgião vascular

Posted by
Passar muitas horas sentado no carro, ônibus ou avião pode provocar ainda a trombose venosa profunda; veja algumas dicas para prevenir problemas

 

Redação Plena

Durante o período de férias, os sintomas de doenças venosas das pernas podem se agravar por conta do tempo que as pessoas passam na mesma posição durante as viagens. Dr. Caio Focássio, cirurgião vascular de SP, explica que passar longas horas sentado no carro, ônibus ou avião pode provocar ainda a trombose venosa profunda, uma vez que a pressão venosa aumenta quando estamos parados pela diminuição da drenagem venosa da panturrilha.
 
“As pernas ficam paradas para baixo e favorecem o edema por redução do fluxo venoso, podendo levar a um quadro de oclusão venosa (trombose venosa) que levará a insuficiência venosa crônica e surgimento de varizes a médio prazo”, diz o médico acrescentando que “mesmo sendo mais comum em mulheres (acometem elas na proporção de 4 para cada um homem), os problemas vasculares costumam ser predispostos pela hereditariedade, idade, raça, obesidade, gestação, uso de anticoncepcionais e, também, pela postura“.
 
A boa notícia é que esses problemas podem ser prevenidos. No caso das viagens, além de fazer uso de medicamentos – se necessário com indicação médica – também é possível usar as meias elásticas, para ajudar no retorno venoso dos membros inferiores e, preferencialmente, fazer algumas pausas durante o percurso para se movimentar (no caso do transporte aéreo, vale dar uma voltinha pela aeronave e em carros, uma parada a cada três horas também ajuda) e, assim é possível manter a saúde e a beleza das pernas livre dos riscos.
 

Deixe um comentário