Você já ouviu falar em “fome oculta” que atinge os idosos?

Posted by
Os sinais normalmente aparecem na forma de doenças, quando a deficiência dos nutrientes já atingiu um estado mais grave

 

 

Redação Plena

 
Fome oculta é o termo utilizado para definir a carência de um ou mais nutrientes que não é percebida pelos nossos olhos, por não apresentar sinais clínicos. Os sinais normalmente aparecem na forma de doenças, quando a deficiência dos nutrientes já atingiu um estado mais grave. Esses nutrientes são essenciais por participarem de diversos processos fisiológicos, garantindo o bom funcionamento do organismo.
 
Os idosos estão mais propensos a apresentar deficiência de nutrientes devido às alterações fisiológicas e comportamentais que são próprias da idade e que refletem na alimentação, tornando-a monótona e insuficiente. Dentre estas alterações podemos destacar:
 
– Problemas de deglutição: dificuldade para engolir alimentos sólidos;
– Perda ou diminuição do paladar e do olfato que reduzem o interesse e o apetite do idoso; 
– Falta de dentes ou uso de próteses antigas ou mal ajustadas, que dificultam a mastigação de determinados alimentos;
– Uso de medicações que podem causar efeitos colaterais como problemas gástricos (gastrite ou azia) ou que influenciam o apetite;
– Problemas psicológicos como depressão, tristeza e solidão;
– Preferência por alimentos de mais fácil preparo e consumo que frequentemente são pobres em vitaminas, minerais e proteínas e ricos em açúcares e gorduras.
 
Todos estes fatores contribuem para que a alimentação dos idosos seja inadequada em consistência e, principalmente, em nutrientes (proteínas, vitaminas, minerais e fibras). O idoso com deficiências nutricionais tem alterações em seu peso, maior probabilidade de adquirir infecções, apresenta sinais de cansaço, tem sua mobilidade normal prejudicada, diminuindo consequentemente sua qualidade de vida.
 
Para evitar este panorama, a prevenção é o melhor remédio. Dificilmente será possível alterar a rotina do idoso que, com o avançar da idade também se torna menos aberto às orientações dos mais jovens. Desta forma, para evitar a fome oculta (ou deficiência de nutrientes) a tarefa de incentivar uma alimentação mais variada e saudável deverá ser gradual e constante, e o uso do suplemento alimentar pode ser um grande aliado, principalmente por apresentar todos os nutrientes que o idoso precisa. 
 
Fonte: Danone Medical
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *