Depressão pode ser prevenida e tratada com a participação da família na rotina do idoso

Posted by
Diálogo constante e incentivo a uma vida ativa, com atividades intelectuais e físicas, pode proteger os idosos da doença

 

Redação Plena

A luta contra depressão requer cuidados especiais entre a população idosa. Com o aumento da expectativa de vida, hoje acima dos 70 anos, a doença encontra cada vez mais facilidade para avançar. Falta planejamento para alcançar a maturidade de forma produtiva, entre outros fatores que favorecem a depressão.
 
“Apesar de acometer uma parcela significativa destes indivíduos, a depressão muitas vezes é subdiagnosticada e seus sintomas ou passam despercebidos ou são confundidos com outras possíveis doenças relacionadas ao envelhecimento”, alerta Júlia Frayha, psicóloga do Programa de Insuficiência Cardíaca (IC) e Cirurgia Cardíaca do HCor.
 
A atividade física e intelectual é uma maneira de socialização, que pode representar um importante aliado contra a depressão. Aula de informática, curso de línguas, esportes em grupo específicos para terceira idade e, ainda, serviços voluntários podem ser alternativas de manter o convívio social do idoso. “Estas são formas de inserção do idoso na dinâmica social e de resgate desta parcela da população do isolamento e da inatividade muito observadas durante esta fase da vida”, afirma Júlia. Isso não só ajuda a evitar a depressão, como também auxilia o tratamento daqueles que sofrem com a doença.
 
A presença da família também pode contribuir no tratamento e na prevenção do quadro depressivo. É importante que os familiares estimulem os idosos a manterem-se ativos e não deixem de dialogar bastante com eles. “É imprescindível saber o que faz sentido ao idoso, tratando-os como sujeitos capazes de tomar decisões sobre os rumos de sua própria vida. Querer tratá-los de forma infantilizada, poupando-lhes de decisões ou escolhas, quando eles têm condições, certamente não ajudará na prevenção deste quadro”, orienta a psicóloga do HCor.
 
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *