Mais um ponto para ele! “Divorciados não são excomungados e não devem ser tratadas como tal. Eles são parte da Igreja”, diz Papa Francisco

Posted by
Pontífice conquistou o mundo com sua simplicidade, palavras profundas e uma mensagem revolucionária baseada no amor ao próximo. Veja outras declarações dele sobre solidariedade, respeito aos idosos, homossexualismo e justiça social

 

Redação Plena

 
Os divorciados que voltaram a se casar "são parte da Igreja" e não devem ser tratados como "excomungados", afirmou hoje (5) o papa Francisco, antecipando um dos temas mais polêmicos do Sínodo dos Bispos sobre a Família, previsto para outubro.
 
"Essas pessoas não são excomungados e não devem ser tratadas como tal. Elas são parte da Igreja", repetiu, sob aplausos na sala Paulo VI.
 
Essa é mais uma declaração que engrossa a lista de frases e ações que tem levado o pontífice a conquistar o mundo com sua simplicidade, com palavras profundas e uma mensagem revolucionária baseada no amor ao próximo. 
 
Separamos abaixo algumas outras mensagens ditas por ele sobre os mais variados temas. Vale ler e refletir!
 
Solidariedade
 
“Ver no outro não um concorrente ou um número, mas um irmão. E todos nós somos irmãos””.
 
“Podes ir à missa aos domingos, mas se não tens um coração solidário e não sabe o que acontece no teu país, a fé está doente e está morta”.
 
Respeito aos idosos
 
“Os idosos são homens e mulheres, pais e mães que percorreram, antes de nós, as mesmas estradas, estiveram na mesma casa, travaram a mesma luta diária por uma vida digna. São homens e mulheres de quem muito recebemos. Temos de despertar o sentimento coletivo de gratidão, apreço, hospitalidade, que faça sentir o idoso como parte ativa da sua comunidade".
 
“Esta civilização seguirá em frente se respeitar a sabedoria, a sapiência dos idosos. Numa civilização na qual não há lugar para os idosos, são descartados, porque criam problemas, esta sociedade leva consigo o vírus da morte.”
 
Homossexualismo
 
"Se uma pessoa é gay, busca Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la?".
 
Justiça social
 
“”Queria lançar um apelo a todos os que possuem mais recursos, às autoridades públicas e a todas as pessoas de boa vontade comprometidas com a justiça social: não se cansem de trabalhar por um mundo mais justo e mais solidário”.
 
“Ninguém pode permanecer insensível às desigualdades que ainda existem no mundo. Que cada um, na medida das próprias possibilidades e responsabilidades, saiba dar a sua contribuição para acabar com tantas injustiças sociais””.
 
Fome e miséria
 
"Nenhum esforço de pacificação será duradouro, não haverá harmonia e felicidade para uma sociedade que ignora, que deixa à margem, que abandona na periferia parte de si mesma”".
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *