Muito cuidado com os juros cobrados pelos Bancos

Posted by
 Empréstimo pessoal, crédito consignado, cheque especial e crédito rotativo estão com taxas estratosféricas. Neste momento, correr destes financiamentos é a melhor saída. Veja

 

por Wanderley Parizotto, economista e fundador do Portal Plena

 
 
 
O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou recentemente aumento das taxas de juros do crédito consignado (com desconto na folha de pagamento) de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
 
Para empréstimo pessoal, o percentual passa de 2,14% para 2,34% ao mês. Já para empréstimos feitos pelo cartão de crédito, a taxa sobe de 3,06% para 3,36% ao mês, acrescentou o Ministério da Previdência Social.
 
 É preciso muito cuidado. Nas operações de crédito rotativo do cartão de crédito, isto é, quando a fatura não é quitada integralmente no seu vencimento, os juros cobrados passam de 400% ao ano. E quando o limite do cheque especial é utilizado os juros anuais são de 200%, em média.
 
 Lembrando, a inflação de 2015 deve ficar em torno de 9% e todos os salários, inclusive dos aposentados, são reajustados por índices próximos ao da inflação, quando são.
 
Contrair empréstimos com juros estratosféricos, pode levar o consumidor à condição de inadimplente com todas consequências vindas disso.
 
Neste momento, correr destes financiamentos é a melhor saída.
 
Caso o problema já exista, procure o seu Banco e renegocie.
 
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *