Saiba como diminuir efeitos colaterais dos corticoides

Posted by

Alergista dá dicas para minimizar reações causadas pelo uso dos corticoides, encontrados em anti-inflamatórios, na forma de pomadas, comprimidos, sprays e injetáveis

Redação Plena
corticoides
Medicamentos (pixabay)
Encontrados em anti-inflamatórios, na forma de pomadas, comprimidos, sprays e injetáveis, os corticoides são substâncias sintéticas, semelhantes aos hormônios cortisol e aldosterona, usados para o combate e tratamento de reações alérgicas como urticária, asma e rinite.  O uso prolongado do medicamento pode gerar efeitos colaterais, como o ganho de peso, conforme alerta o médico alergista Diener Frozi.
“Isso acontece porque os corticoides prejudicam a função da insulina, aumentando as taxas de açúcar no sangue, fazendo com que o organismo passe a acumular gordura. Outras complicações relacionadas ao uso recorrente do medicamento estão relacionadas ao desenvolvimento de estrias, inchaço, retenção de líquidos, pele com tendência a acne, além de possíveis alterações renais e hepáticas”, explica o especialista que é responsável pelo projeto “Viva Sem Alergia”, em Duque de Caxias, cidade da Baixada Fluminense.


Para minimizar os impactos indesejáveis desse tipo de medicamento, Doutor Frozi orienta os pacientes a realizar uma bateria de exames, antes de iniciar uma atividade física, acompanhada por dieta com restrição de sal. “Recomendo controlar a ingestão de gorduras, embutidos, refrigerantes e aumentar o consumo de líquidos, bem como a prática de esportes. É importante esclarecer que os efeitos se agravam com a utilização contínua, o uso esporádico, como para tratar crises agudas, oferece menos riscos”, afirma.

Deixe um comentário